Follow by Email

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

10 Coisas politicamente ilegais que aprendi com “O Monstro”

Eu aposto um sete belo que você nunca assistiu O Monstro, a não ser que você seja cinéfilo, eu continuo com a minha aposta...Ganhei né?! Bem, ele é um filme e faz você entender que é possível haver comédias italianas legais. O filme é atuado e dirigido pelo querido Roberto Benigni, que você conhece de A Vida é Bela (admito, whatashame, nunca vi!) e também por sua esposa, que também tava em “A Vida é Bela”, Nicoletta Braschi.


A história do filme é sobre um estuprador serial à solta na cidade que deixa todo mundo preocupado, e altas investigações tão rolando e tudo aponta para Loris (Benigni), que SEMPRE se mete em situações suspeitas e engraçadas. Sério, vale o download hem!

Mas aí vai 10 coisas politicamente ilegais que aprendi:

-Que é possível tomar café da manhã de graça/adquirir jornal de graça/morar num apartamento de graça, sem muita dignidade né, mas é possível;

-Que é possível assaltar coletivamente um supermercado e ainda sair de fina;

-Como me dependurar numa varanda e obter vantagens com isso;

- À mandar mensagens anônimas;

-Que na falta de armário tem a gaveta;

-Que canetinha faz vezes de catapora! Como fui esquecer isso...

-Que nada adianta uma fantasia de chapeuzinho vermelho supersexy se sua voz e sua personalidade são superchatas;

-Que nem estudando (e colando) chinês eu vou aprender chinês;

-Que andar agachado é a solução de quase todos os problemas;

-Que o idioma italiano é MUITO feio!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário